fbpx

A ausência de uma garantia eficaz faz com que, apesar de rentáveis, as operações financeiras no agronegócio apresentem sempre um alto risco para os financiadores.

Buscando entender a capacidade de pagamento da dívida no prazo do financiamento, esses players trabalham para estimar o fluxo de caixa dos produtores rurais com as ferramentas que tem. Mas os métodos atuais são ineficientes.

A tecnologia chega para romper mais essa barreira.


O processo de hoje

Atualmente, o financiador estima qual será a produtividade da lavoura e o preço de venda da produção, com base em dados públicos sobre região, como aqueles fornecidos pela CONAB, ou usando dados fornecidos pelo próprio produtor. A única fonte de dados mais específicos que possui é o próprio produtor, cujos dados muitas vezes são otimistas, desorganizados e não isentos.

Já o custo de produção é estimado a partir do produtor ou com base em custos de insumos e mão de obra utilizada em sua região.

Para ilustrar como a falta de informações confiáveis pode afetar a estimativa do fluxo de caixa de um produtor, vamos trabalhar com duas fazendas diferentes e os dados que normalmente o financiador costuma ter acesso na hora de avaliar o financiamento.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Problemas que o processo atual não detecta

Desconsiderando os fatores naturais como uma mudança repentina no clima, existem diversos outros pontos não abordados nessa primeira análise que podem ocasionar importantes quebras de safra:

  • Área total plantada. A efetiva área de cultivo do produtor muitas vezes é diferente da declarada.
  • Produtividade. Dados públicos regionais de produtividade podem apresentar desvios substanciais da realidade a depender da metodologia usada.
  • Primeira safra. Uma área que recebe plantio pela primeira vez, além de produtividade menor, tem o custo elevado de produção, o que muda o balanço final quanto ao rendimento da terra.

O que a tecnologia resolve

Fontes de informação isentas e independentes da aprovação do produtor, tais como satélites, oferecem dados úteis para reduzir a assimetria de informação nos seus financiamentos e evitar surpresas desagradáveis no recebimento.

Com ela, é possível, por exemplo, analisar se houve quebra de safra nos anos anteriores, e assim fazer uma análise em cenários de maior perda de produtividade.

Utilizando o mesmo exemplo anterior, vamos acrescentar dados que podem ser adquiridos com o sensoriamento remoto, avaliar a discrepância de informações e ver como eles afetam os resultados.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Identificada que a área não estava consolidada e, pois, demandaria insumos adicionais para alcançar seu potencial produtivo, a fazenda Boa Esperança apresentou uma margem com menos da metade do potencial esperado, se mantendo no entanto positiva. O que não aconteceu com a fazenda Flores que, com uma área cultivável cerca de 20% inferior ao estimado, apresentou prejuízo operacional.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Análise do fluxo de caixa

Com essa tecnologia é possível analisar se o caixa do produtor foi positivo nos anos anteriores (o que, complementado com seu IR ou balanço para avaliação de investimentos e benfeitorias, mostra o endividamento dos anos anteriores). Dívidas anteriores afetam diretamente a capacidade de pagamento mesmo em uma boa produção.

Dados adicionais que tornam sua análise de crédito mais robusta são:

  • Análise de endividamento pela declaração de imposto de renda, assim como outras fontes de receita;
  • Capacidade de plantio dentro da janela mais favorável, pela quantidade de máquinas que o produtor possui;
  • Presença de seguro rural;
  • Hedge de preço da commodity;
  • Análise microregional – custo de produção do município e cultura

Esses pontos permitem chegar a uma conclusão, onde você saberá de maneira eficiente o potencial do seu prospect, se baseando em dados precisos – não apenas em expectativas e previsões.


Todos esses processos são reais e executados pelo FIDES, nossa plataforma para segurança em operações financeiras no agronegócio. Com ele, você analisa a terra e o histórico do seu produtor, tendo dados para tomar decisões importantes do pré-financiamento até o período da colheita. 

Com atualizações constantes, você tem a habilidade de tomar decisões e ações no período safra, garantindo o recebimento de suas garantias.

Comece a usar o FIDES hoje mesmo. Entre em contato através do e-mail [email protected] e seja atendido por um especialista.