TerraMagna Logo
Portal do
produtor rural

As fintechs e a sustentabilidade do agronegócio

O acesso a crédito oferecido pelas  fintechs tem melhorado a sustentabilidade do agronegócio. As ações que unem o campo, a sustentabilidade e as tecnologias estão apresentando soluções importantes para o produtor rural. Com a chegada do crédito ao setor via fintechs,  a produção agrícola do Brasil conta com mais um braço para ampliar  as ações de crescimento e parcerias.

`Em uma das suas pesquisas, a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa) , mostra que o crescimento da demanda global até 2030, deve ser ,  por energia em torno de 40% e por água em 50% e a necessidade de expansão da produção de alimentos em 35% da produção atual.

 Então para atender essa demanda, a aplicação da ciência e o  uso  das novas tecnologias na vida do produtor rural é que vão proporcionar as facilidades e as agilidades necessárias. E com o uso do mundo digital no cotidiano do campo  é que as  inovações vão ajudara a  alavancarem a produção, e nada se faz sem financiamento. Na área de crédito, as fintechs, tem sido uma opção ágil para resolver um gargalo do setor, a morosidade na liberação dos recursos. Junta-se a isso, que   para fornecer os acessos aos financiamentos, a observação de práticas ambientais  é uma constante. E o inverso também ocorre, com acesso ao crédito o agricultor tem mais facilidade para promover ações de preservação ambiental e sustentabilidade na propriedade.

 O que pode ser comprovado com  as informações do documento,  Climate Policy Initiative que inclui dados do Banco Central do Brasil, os pesquisadores mostram que os produtores rurais transferem seu uso da terra de pastos para cultivos agrícolas com o aumento na oferta de crédito. Para cada acréscimo de 1% no crédito rural, os analistas documentam um aumento estatisticamente significativo de 0,08% nas áreas agrícolas, uma redução de 0,11% nas áreas de pasto e um impacto positivo de 0,02% nas áreas de floresta. O aumento de regiões florestais sugere que o crédito rural permite que os produtores aproveitem mais as terras que têm, resultando em aumentos de produtividade e auxiliando o país a atender suas metas de conservação, é o que mostra o estudo.

Para o Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento),a inovação tecnológica é fundamental para garantir a segurança alimentar e a sustentabilidade na produção agropecuária.  Assim é possível perceber que a atuação das fintechs nos agronegócios favorecem o acesso do produtor rural, das distribuidoras de insumos ao crédito e também a sustentabilidade. Dando com isso mais fôlego para o setor investir em aumento da produtividade consequentemente trabalhar com mais assertividade e aplicação de práticas sustentáveis nas lavouras.

Procurando um tema específico?

Gostou do artigo?

Receba gratuitamente conteúdos exclusivos e inéditos por e-mail, feitos pelos especialistas da TerraMagna.

Veja também

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Crédito seguro para o agronegócio

Av. Anchieta, 1078 – Jd Nova America

São José dos Campos – SP

Contato

 (12) 3923.3355

 [email protected]

(65) 9 9639.1505

Acompanhe as novidades