TerraMagna Logo
Portal do
produtor rural
Area grande ilustrando hectare

Hectare: conheça essas e outras medidas agrárias

Quem trabalha com agricultura já está familiarizado com vários termos da área; um deles é “hectare”, que diz respeito a uma medida agrária.

Hectare, alqueire, are, entre outras, são medidas de área utilizadas na medição de terras em sítios, chácaras e fazendas, e calcular a medida exata por meio do hectare permite ao produtor rural que realize a quantidade certa de plantação.

Além disso, o hectare ajuda a identificar o tipo de cultivo ideal para cada área; ou seja, é evidente o quanto as medidas agrárias são importantes para a agricultura, não é mesmo?

Confira mais sobre esse tema neste artigo!

Hectare na agricultura: qual é a sua função?

O hectare é utilizado na agricultura para medir a proporção de terra; essa medida indica para o produtor o melhor tipo de plantio para cada região.

O hectare permite identificar a quantidade exata de terra que deve ser utilizada para tipos específicos de cultivo; 1 hectare corresponde sempre a 10.000 m².

No caso do cultivo de arroz, por exemplo, é necessário um espaço maior de terra, com bastante disponibilidade de água. Para isso, utiliza-se a medida de hectare para a realização das irrigações.

Por meio dela, é possível observar que, quanto mais extenso for o cultivo, maiores serão as áreas utilizadas.

Mesmo que nem todos os tipos de culturas exijam áreas grandes, o hectare também pode ser utilizado em análises de terras que estão disponíveis.

Quais são as principais medidas de terra?

Como mencionamos, medidas agrárias são usadas para medir áreas rurais, e, quando se trata do agronegócio, o hectare é a unidade mais utilizada, visto que auxilia os agricultores com a produção.

Outro motivo de o hectare ser a medida de terra mais comum é o fato de ser baseada no Sistema Internacional de Unidades, que foi adotado pela maioria dos países.

Como não é fácil conhecer todos os modelos de medidas que são usados em diferentes regiões, caso precise especificar, basta converter o hectare na unidade desejada.

As unidades de medida agrárias são as seguintes:

Are

O are (a) é considerado a unidade de medida fundamental e corresponde a uma superfície de 100 m².

Hectare

Já o hectare (ha) corresponde a uma região de 10.000 m², sendo a medida mais empregada em áreas de fazendas, chácaras, sítios, regiões de plantações, etc.

Centiare

O centiare (ca) é um submúltiplo do are e engloba os múltiplos de cem; desse modo, 1 centiare de are equivale a 1 m². O cálculo do centiare é:
1/100 × 100 = 1 m².

Alqueire

Por fim, há o alqueire, que já foi uma medida muito utilizada; no entanto, hoje é considerada imprópria, devido às diferentes quantidades de m² utilizados.

Enquanto o alqueire paulista equivale a 24.200 m², o mineiro e o goiano correspondem a 48.400 m². Por esse motivo, os proprietários de terras preferem utilizar o hectare, a medida de padrão nacional.

Extensão das propriedades

Por meio dessas medidas, conseguimos classificar uma propriedade quanto à sua extensão. As principais são:

  • Chácara: é uma área de terras pequena, de aproximadamente 5 alqueires.
  • Sítio: é uma área de terras que abrange mais ou menos entre 5 e 40 alqueires.
  • Fazenda: é uma área de terras superior a 40 alqueires; no Brasil, existem fazendas na casa dos milhares de alqueires.

Além dessas extensões citadas, há denominações diferentes para cada região do Brasil, por exemplo, rancho, roça, colônia, entre outros.

Isso vai variar de acordo com as culturas de cada região, fazendo com que cada termo fique característico de cada local do Brasil.

No estado de São Paulo, um rancho é uma área localizada na beira do rio, na qual as pessoas normalmente constroem casas para passar os finais de semana. Já em Minas Gerais, áreas construídas ou não na zona rural são chamadas apenas de roça.

Há diferença entre o alqueire mineiro e o paulista?

Esse é um tema que gera muitas dúvidas, visto que, ao contrário de hectare – que é unidade padrão –, o alqueire pode variar de estado para estado.

O alqueire é uma unidade de medida de capacidade para secos, equivalente a
4 quartas; trata-se de uma medida variável, com base no número de litros ou pratos de plantio, geralmente de milho, segundo os costumes locais.

Mesmo se tratando de municípios vizinhos, o valor do alqueire pode variar, o que dificulta muito o trabalho do agrimensor.

O alqueire mineiro e o alqueire paulista são os mais conhecidos e os que despertam mais dúvidas. A principal diferença entre ambos é:

  • Alqueire mineiro: 1 alqueire mineiro é equivalente a 48.400 m² de terra.
  • Alqueire paulista: 1 alqueire paulista equivale a 24.200 m² de terra.

Há essa diferença porque, em São Paulo, prevaleceu o entendimento de que a medida agrária deveria representar apenas um dos alqueires originais.

Em Minas Gerais, por sua vez, prevaleceu o de que deveria representar o indissociável par de alqueires.

Além dessas, há também outras medidas importantes que você precisa conhecer.

Outras unidades de medida de terra além do hectare?

Algumas unidades de medidas agrárias já foram muito usadas hoje não são tão comuns, como:

  • Quarta: corresponde sempre a 1 quarta parte (¼) do alqueire. Por exemplo, a quarta de 25 × 25 braças equivale ao alqueire de 50 × 50 braças, e a de
    100 × 100 braças, ao alqueire de 200 × 200 braças.
  • Litro: unidade de medida de volume, equivalente ao volume de um quilograma de água.
  • Prato: diz respeito à área de um terreno com capacidade de plantio de um prato de milho, sendo as suas dimensões de 10 × 20 braças, ou 968 m². É usado como subunidade nos municípios em que o valor do alqueire não é divisível por litro.
  • Quadra: corresponde a qualquer área de terra definida por um quadrado.
  • Celamim: unidade oriunda de um padrão agrário português.
  • Data: corresponde à área de um terreno, por metro quadrado ou por retângulo de dimensões muito variáveis.
  • Jeira: unidade agrária portuguesa, usada também no Brasil. Não segue o padrão de Portugal, sendo a mais usada a de 20 × 20 braças, isto é,
    1.936 m2.
  • Légua: unidade usada em Minas Gerais, com o valor de 6.000 m.
  • Tarefa: corresponde a 484 m².

Como medir a área e calcular a quantidade de hectares?

O profissional responsável por medir e dividir determinada extensão da propriedade rural é o agrimensor.

Desse modo, ele é o responsável por auxiliar os proprietários a tomarem conhecimento sobre a medida exata de extensão de seu terreno.

Para isso, esse especialista mede o território e o representa para obter informações de um espaço geográfico específico.

Todo o processo é feito usando teodolitos, estações totais, receptores GNSS, prismas, scanners 3D, rádios, tablets, drones, softwares, entre outros materiais.

Além disso, na escritura do imóvel, são apresentados os tamanhos real e total da propriedade, em hectare.

Ter esse mapeamento e a precisão nos dados é extremamente importante para implantar uma cultura, realizar uma construção rural, formar pastos para o gado e até mesmo para vender a propriedade.

Como saber se uma propriedade é pequena?

Segundo o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), uma propriedade é considerada pequena quando possui de 1 a 4 hectares.

Já a propriedade média possui de 4 a 15 hectares, e a grande, mais de 15 hectares.

Vale ressaltar que o órgão que faz a fiscalização das propriedades analisa com base nas atividades econômicas realizadas no local. Desse modo, uma propriedade pode ter variação de 5 a 110 hectares.

Quais são os benefícios da medição da terra na agricultura?

A medição de áreas para dimensionar os espaços a serem usados nos cultivos ou preservados é uma atividade fundamental.

Principalmente para a execução do planejamento das atividades a serem feitas na agricultura, é extremamente necessária a medição de áreas, superfícies, perímetro etc.

Medir a terra pode ajudar na determinação das análises de solos, aplicações de corretivos e fertilizantes, semeadura, aplicação de defensivos, construção de cercas e na estimativa de produção de plantações.

Além disso, é essencial para o cálculo e o mapeamento da vegetação de preservação e para diversas outras medições necessárias ao planejamento das ações agrícolas.

Desse modo, medir áreas rurais é um dos fatores fundamentais para a obtenção de bons resultados na lavoura.

Você tem aproveitado todo o potencial dos seus hectares?

Neste artigo, você viu a importância de conhecer as principais unidades de medida de terra e como elas são usadas.

Para finalizar, temos um questionamento: você tem aproveitado todo o potencial do seu terreno?

Agora você está ciente de como medi-lo e da importância de conhecer bem a expansão para investir em cada cultivo, a fim de ter mais produtividade na terra.

Sabemos que, por trás do aumento da produtividade das lavouras, está um produtor que precisa de crédito para sustentar as suas produção e comprar insumos.

Por sorte, você não está sozinho nessa jornada; a TerraMagna está à disposição para ajudar. Trabalhamos concedendo crédito para distribuidores e produtores de forma mais rápida e com taxas mais justas.

Quer saber mais sobre?

Converse com nossos especialistas!

Procurando um tema específico?

Gostou do artigo?

Receba gratuitamente conteúdos exclusivos e inéditos por e-mail, feitos pelos especialistas da TerraMagna.

Veja também

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Crédito seguro para o agronegócio

Av. Anchieta, 1078 – Jd Nova America

São José dos Campos – SP

Contato

 (12) 3923.3355

 [email protected]

(65) 9 9639.1505

Acompanhe as novidades