TerraMagna Logo
Portal do
produtor rural
Barter é uma operação que acontece entre o produtor rural e a distribuidora, onde o pagamento ocorre no final da safra, com parte da colheita.

Barter Significado

Qual o verdadeiro significado do Barter? Que impacto essa operação traz para o agronegócio? O que o produtor tem a ganhar? Existem riscos? Com o cenário de pandemia vários setores foram prejudicados e tiveram queda significativa em sua produção. Esse não é o caso do agronegócio que está crescendo como nunca.

Um problema grave é a falta de acesso ao crédito rural para o produtor, além da demora para a concessão do mesmo, podendo chegar em até 6 meses de espera.

Para quem depende da janela de produção, esse tempo não pode ser perdido, uma alternativa é uma operação que não envolve dinheiro.

Mas como assim não envolve dinheiro? É de graça?

A operação de Barter chegou para dar a chance do produtor sem dinheiro receber os insumos necessários e das distribuidoras de venderem a prazo.

Estamos falando de um acordo firmado em CPR – Cédula do Produtor Rural, onde o pagamento dos insumos acontece no final da safra, com parte da produção.

O que significa Barter?

Barter, do inglês, significa troca, permuta ou escambo, é uma operação financeira, sem envolver dinheiro, que ocorre pelo pagamento de insumos através de parte da futura produção.

São 3 partes envolvidas:

  • Produtor: Precisa de insumos para produzir, encontra dificuldade em obter crédito rural e não pode esperar o tempo burocrático dos bancos.
  • Distribuidores: Têm dificuldades em vender seus insumos, se não fizer uma operação de Barter o produtor vai encontrar facilmente outra distribuidora que faz.
  • Tradings ou Consumidores de grãos: São indústrias alimentícias ou offtakers:  cooperativas, que realizam a compra do produto da distribuidora e lucram através da negociação de ações, matérias-primas ou moedas.

Vantagens do Barter

O Barter é uma operação que traz inúmeros benefícios mesmo com as variações de taxas entre as linhas de crédito rural.

Segundo especialistas, representa 20% de todas as negociações das empresas de grande porte.

Aqui o produtor pode comprar insumos a prazo, sem precisar tirar dinheiro do bolso no início de safra.

Ele tem a oportunidade de pagar a dívida na própria moeda da produção, que pode ser agrícola ou pecuária.

  • Barter Soja;
  • Barter Milho.

Não precisa recorrer a empréstimos que cobram altas taxas de financiamento, ficando preso aos bancos, sendo reféns de prazos burocráticos.

Possibilidade de se alavancar, mesmo com a produção servindo de garantia em outras operações de crédito rural.

Esses imprevistos acontecem, e essa operação dá a chance de dar a volta por cima.

Já as distribuidoras podem oferecer condições especiais aos seus clientes, estreitando relações e criando laços de fidelidade.

Ela diminui o risco de performance da safra, entregando insumos e não dinheiro na mão do produtor rural. 

Existem riscos no Barter?

Como toda operação, o Barter também apresenta riscos e o produtor esperto precisa estar por dentro de todos eles:

Controle extremamente rígido

O produtor rural tem que se atentar em não perder o controle de tudo que pegar ou devolver, pois poderá haver uma diferença enorme nos insumos retirados e devolvidos.

É o mesmo esquema de um cartão de crédito, mas não chega mensagem avisando quando de saldo ainda resta.

Endosso da CPR

Um risco pouco conhecido é o endosso da CPR, onde a obrigação da entrega da produção é transferida para um terceiro.

Esse por vez não tem conhecimento da combinação inicial, onde o que se costuma fazer é uma CPR de valor elevado do que realmente valia, e o produtor não utiliza a linha de crédito total.

Sendo assim, gera problemas na autorização de quitação, em que já temos registros de casos onde empresas abriram Recuperação Judicial, devido os produtores terem endossado as CPR’s aos seus próprios credores.

Aqui o prejuízo está feito: Produtores não receberam insumos que precisavam e ainda foram obrigados a pagarem os que outras pessoas utilizaram.

Taxa de juros 

O produtor rural deve prestar atenção na taxa de juros, que de acordo com a lei deve ser de 1% ao mês, mas nem sempre isso acontece.

Foram relatados casos, onde continham juros embutidos nos preços dos insumos, representando 3% ao mês.

Quebra de Safra

As condições climáticas por vezes imprevisíveis mas elas interferem na produção agrícola, por exemplo:

  • Atraso das chuvas;
  • Excesso de chuvas;
  • Geadas;
  • Tornados;
  • Queimadas, entre outros.

Tem relatos em que a produção cai pouco em torno de 20% , em contrapartida tem casos em que a perda da produtividade chega a 90% ou até perda total da lavoura, prejudicando muito quem realizou a operação Barter.

Barter Seguro

Mas tem muitas maneiras de formalizar o Barter de maneira segura, diminuindo os riscos e garantindo a segurança dos lucros.

Nós da TerraMagna, somos uma fintech que traz especialistas em agronegócio com uma grande aliada ao seu lado: a tecnologia.

Nossa empresa, além de fornecer crédito rural justo para o produtor rural, trabalha com monitoramento por satélites e uma inteligência artificial exclusiva e segura.

Aqui nós garantimos a  segurança dos seus negócios e te proporcionamos excelentes condições nunca encontradas no mercado.

Venha falar com um especialista e garantir o crédito justo e rápido: 

Quero falar com um especialista em Crédito Rural e Barter!!!

Procurando um tema específico?

Gostou do artigo?

Receba gratuitamente conteúdos exclusivos e inéditos por e-mail, feitos pelos especialistas da TerraMagna.

Veja também

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Crédito seguro para o agronegócio

Av. Anchieta, 1078 – Jd Nova America

São José dos Campos – SP

Contato

 (12) 3923.3355

 [email protected]

(65) 9 9639.1505

Acompanhe as novidades