TerraMagna Logo
Portal do
produtor rural
Fundo de campo de algodao representa o que sao commodities

O que são commodities e como elas influenciam a agricultura

Você com certeza já deve ter ouvido o termo commodities por aí, em jornais, notícias, redes sociais, etc. Mas você sabe, de fato, o que são commodities?

Elas estão mais presentes no seu dia a dia do que você pode imaginar, especialmente para você que trabalha com agricultura. Por isso, é essencial saber o que são commodities!

Para te ajudar nisso, preparamos um artigo completo ensinando tudo que você precisa conhecer sobre o tema. 

Afinal, se são tão importantes para sua rotina, é importante que você entenda tudo sobre elas. Venha saber mais!

O que são commodities?

A palavra “commodity vem do inglês e quer dizer mercadoria. Inicialmente, esse termo era usado para nomear qualquer tipo de mercadoria; ao longo dos anos, esse conceito passou por algumas mudanças.

Hoje, commodities são produtos que funcionam como matéria-prima; eles são produzidos em larga escala e podem tranquilamente ser estocados sem perder a qualidade. 

Assim, o mercado de commodities tem preços definidos pela oferta e pela procura desses materiais. Outras características que definem o que são commodities:

  • são produtos de grande importância mundial;
  • são de origem primária;
  • possuem um alto nível de comercialização;
  • são pouco industrializadas;
  • não possuem diferenciação de marca.

Por serem consumidas em larga escala e com uma variação constante de preços, as commodities também são vistas como um investimento. 

Se você já viu alguma reportagem ou notícia sobre a Bolsa de Valores, pode ter se deparado com esse termo, mesmo sem saber o que era.

O motivo é este: além de serem produtos essenciais para o consumo, as commodities são fundamentais para a economia. Falaremos sobre isso agora!

Qual é a importância das commodities para a economia?

As commodities influenciam o comportamento da economia como um todo, e as oscilações em seus preços impactam outras atividades, como a indústria e o comércio.

Isso pode deixar as matérias-primas mais caras ou mais baratas para a produção e a comercialização.

Um exemplo disso são as altas do petróleo nos anos 1970, que aconteceram por razões políticas e geraram uma crise estrutural no cerne do sistema capitalista.

Desse modo, quando uma matéria-prima ou mercadoria é considerada commodity, ela passa a ter o seu preço definido pela cotação no mercado, geralmente das grandes bolsas de valores.

Assim, se o preço do algodão aumentar no mercado externo por escassez na produção mundial, o Brasil, por exemplo, mesmo que o produza muito, também aumentará os preços, especialmente para a exportação. 

Consequentemente, o mercado interno também é afetado, pois a maioria dos produtores prefere exportar. Isso provoca uma alta nos preços internos de acordo com a menor oferta do produto.

Com isso, os produtos derivados da commodity sofrerão um rápido aumento que pode não ser compreendido pelo consumidor.

As commodities desempenham um papel importante no andamento da economia de países, especialmente para aqueles que exportam pouco; eles dependem muito de uma cotação elevada nas commodities, afinal, são muito centrados na exportação desses produtos. 

Assim, quando ocorre uma crise conjuntural ou estrutural, os países são muito impactados, visto que as exportações caem.

Países que importam e exportam muitas commodities, a exemplo do Brasil, também sentem as oscilações nos preços, pois precisam delas para abastecer a dinâmica industrial, comercial e, também, para a venda no mercado externo, a fim de manter fortalecido o seu setor primário.

Desse modo, compreender o que são commodities é importante para entender o funcionamento do panorama comercial do país e do mundo. 

Quais são os principais tipos de commodities?

Você já sabe o que são commodities e qual é a importância econômica delas; agora, você precisa saber que não existe apenas uma categoria de commodity!

Cada tipo de commodity tem suas particularidades – por isso, é essencial conhecê-las. Os principais tipos são:

Commodities agrícolas

Essas matérias-primas são ligadas ao agronegócio, sendo muito importantes para a economia brasileira. 

Segundo o Ipea, o preço das commodities agrícolas teve um aumento em 2022. Alguns exemplos dessas commodities são:

  • laranja;
  • milho;
  • café;
  • soja;
  • algodão.

Commodities ambientais

Essa categoria diz respeito aos bens oriundos de recursos naturais; essas commodities são essenciais para a produção agrícola e industrial. São exemplos:

Commodities minerais

As commodities minerais são aquelas ligadas à energia, aos minerais e aos metais. Alguns exemplos mais famosos dessa categoria são:

  • ouro;
  • petróleo;
  • etanol;
  • gás natural.

Commodities financeiras

As commodities financeiras são os títulos emitidos pelo governo e as moedas negociadas em diferentes mercados, por exemplo:

  • euro;
  • dólar americano;
  • real;
  • títulos públicos do governo federal.

Esses são os principais tipos de commodities. A seguir, vamos falar sobre os principais exemplos de matérias-primas brasileiras!

As principais commodities brasileiras

Como mencionamos, os produtos agrícolas estão entre as principais commodities brasileiras. Além deles, existem outros bens que influenciam muito o mercado:

Boi gordo

O Brasil é um dos países que mais exporta carne bovina no mundo; por isso, o boi gordo é o principal produto da agropecuária do país. 

Café

Nosso país é responsável por um terço da produção mundial de café e é também o maior exportador desse produto no mundo.

Entre julho de 2018 e junho de 2019, o país embarcou mais de 40 milhões de lotes do grão, batendo recorde histórico. 

Suco de laranja

O suco de laranja congelado é uma das commodities brasileiras mais exportadas. O principal comprador é a União Europeia, seguida pelos Estados Unidos. 

Em 2019, o consumo foi reduzido nos dois mercados, o que causou uma queda no faturamento brasileiro.

Soja

O Brasil é um dos maiores produtores de soja do mundo, ficando atrás apenas dos EUA. 

Segundo a Embrapa, o estado de maior produção é o Mato Grosso, seguido de Paraná, Rio Grande do Sul e Goiás.

O país mantém um estoque de cerca de 44 milhões de toneladas para consumo interno e exporta mais de 140 milhões para todo o mundo.

Petróleo

Quando o assunto é commodities minerais, o produto que mais se destaca é o petróleo.

Trata-se de uma matéria-prima para a gasolina e para outros produtos.

O petróleo é um recurso natural não renovável, um dos mais importantes nas negociações políticas e associações entre países.

O Brasil está com planos de destaque na produção e exploração desse mineral, o que poderá colocá-lo na lista dos principais produtores mundiais até 2030.

Por que o Brasil se destaca na produção de commodities?

As commodities agrícolas se destacam na produção nacional devido à abundância e à riqueza de recursos naturais que há em nosso país. 

Outro ponto no qual o Brasil se destaca é na extensão do território, que permite produzir uma boa variedade de produtos.

Por ser destaque na exportação dos produtos citados, a economia sofre forte influência do mercado de commodities

O Brasil comercializa produtos muito consumidos mundialmente que contam com uma alta procura; no entanto, o país depende da decisão externa dos preços.

Ou seja, se a demanda internacional por uma commodity está alta, o preço aumenta e os produtores brasileiros lucram bastante. 

Em contrapartida, se ocorrer uma crise global, a commodity pode se desvalorizar e quem produz acaba sendo prejudicado.

Isso mostra que, mesmo estando com economia interna boa, o Brasil pode ser afetado pela crise em outros países. 

Se a cotação da soja aumentar internacionalmente, provavelmente o preço também subirá no mercado interno, por maior que seja a produção nacional. 

Como investir em commodities

Como mencionamos, é possível investir nas commodities; para isso, é preciso abrir uma conta em uma corretora de valores. 

Depois desse primeiro passo, é necessário que você conheça um pouco sobre Mercado Futuro, pois esse conceito vai te ajudar a entender como investir.

Trata-se de um ambiente da Bolsa de Valores no qual se pode ganhar com o aumento ou a queda de determinado ativo – nesse caso, as commodities.

Nesse mercado, são negociados contratos futuros e são firmados acordos de compra e venda que têm um preço e um período de validade.

Desse modo, não é pago nem recebido nada de imediato em um contrato futuro; o que acontece é que o investidor apenas lida com as oscilações dos valores; assim, recebe pelos ganhos e paga as perdas. 

Como os preços das commodities impactam o seu dia a dia?

Após ver todos os dados e informações, você já sabe de cor que o Brasil é um dos maiores exportadores globais de commodities

Ao longo dos anos, o crescimento econômico interno esteve ligado à produção de
matérias-primas e produtos agrícolas de valor internacional.

As commodities agrícolas representam um grande destaque em nossa produção e influenciam a economia do país como um todo; isso se reflete no bolso dos consumidores também.

Quando a demanda está em alta, o preço das commodities aumenta e os produtores ganham mais. 

Por outro lado, quando a demanda está baixa, o preço se desvaloriza – quem produz sai prejudicado e precisa reduzir seus valores.

Outro impacto que as commodities têm na sua vida é que, quando a cotação de um produto sobe internacionalmente, é comum que o preço suba internamente também.

Ou seja, o preço dos produtos que você consome estão ligados a essa variação; afinal, as commodities são voláteis e passam por constantes oscilações nos preços.

Isso tem o potencial de prejudicar a produção na indústria, visto que podem fazer com que os produtos feitos com essas matérias-primas também fiquem mais caros.

Isso dificulta seu acesso a alguns produtos. Por isso, busque sempre se informar a respeito da situação do mercado, para entender com mais clareza o que tem causado variações nos preços dos produtos.

Em alguns casos, é indicado aguardar um pouco mais para fazer a compra de algum produto que está em alta; com isso, você pode conseguir economizar um bom dinheiro.

Sua produção é essencial para o mercado girar!

Produtor, agora você já sabe o que são commodities e qual é a importância delas para o mundo e também para seus negócios!

O investimento nessa atividade impacta diretamente suas produções, isto é, você é um agente fundamental para que o mercado das commodities se expanda. 

Se você quer cada vez mais ser um agente nesse crescimento econômico, nossa dica é: não tenha medo de investir naquilo que promove a produtividade no campo. A TerraMagna pode te ajudar com isso! 

Dispomos de uma tecnologia que permite conceder crédito para distribuidores e produtores de forma mais rápida e com taxas mais justas assim, você pode conseguir obter recursos para investir nos seus objetivos do campo!

Quer saber mais?

Converse com nossos especialistas!

Procurando um tema específico?

Gostou do artigo?

Receba gratuitamente conteúdos exclusivos e inéditos por e-mail, feitos pelos especialistas da TerraMagna.

Veja também

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Crédito seguro para o agronegócio

Av. Anchieta, 1078 – Jd Nova America

São José dos Campos – SP

Contato

 (12) 3923.3355

 [email protected]

(65) 9 9639.1505

Acompanhe as novidades