TerraMagna Logo
Portal do
produtor rural
Cultivo de milho com conceitos de tecnologia representando a agricultura de precisao

Agricultura de precisão: aumente a produtividade e reduza os custos

Certamente você já ouviu falar na agricultura de precisão e em como ela está ajudando os produtores rurais a obterem mais resultados.

Isso acontece por intermédio do uso de ferramentas tecnológicas no campo, que buscam facilitar o mapeamento de informações e aumentar a rentabilidade da lavoura.

Com elas, também é possível identificar problemas e solucioná-los de forma rápida.

Isso é possível porque o sistema consegue mapear as áreas que necessitam de mais atenção e orientam o produtor rural a tomar as melhores decisões.

Portanto, para o produtor rural, investir em tecnologia aplicada ao campo é uma ótima maneira de ter maior lucratividade e evitar prejuízos. 

Quer saber mais sobre a agricultura de precisão? Então acompanhe a leitura deste artigo e fique informado!

Leitura recomendada: Distribuidores usam a tecnologia para prever e diminuir os riscos da próxima safra

O que é agricultura de precisão?

A agricultura de precisão é o conjunto de práticas que utilizam tecnologia para aumentar a precisão nas atividades agrícolas, bem como maior assertividade nos resultados.

Seu objetivo é monitorar a atividade agrícola, aumentando a produção e minimizando impactos ambientais.

Ao observar a saúde da lavoura, essa tecnologia auxilia o produtor rural no controle do processo produtivo, tornando o plantio mais rentável e eficiente.

É ideal para todas as culturas, pois ajuda a entender quais são as condições ideais de cultivo das principais plantações agrícolas.

Além disso, com o monitoramento realizado por essa ferramenta, o processo de implementação da automação agrícola se torna mais fácil e eficaz.

Como funciona

A agricultura de precisão funciona em três etapas, descritas a seguir:

  • Coleta de dados: reconhece quais são as características da lavoura e o tipo de cultura que está sendo cultivada.
  • Planejamento do gerenciamento: avalia os possíveis problemas que podem afetar a produção e propõe uma estratégia de gerenciamento agrícola.
  • Aplicação localizada de insumos: a partir dos dados coletados, são criados mapas de aplicação de insumos em cada parte da terra.

A partir do monitoramento da área, a agricultura de precisão identifica as condições ideais para que o plantio seja realizado.

Isso é feito por meio da avaliação da terra, reconhecendo as desuniformidades que existem no solo. 

Após a avaliação, a partir do planejamento de gerenciamento, é feito o diagnóstico da lavoura. 

Quando há pragas, doenças ou desequilíbrios químicos, físicos e biológicos, defensivos são aplicados de forma controlada.

Nesse sentido, é importante dizer que a agricultura de precisão facilita a tomada de decisões de produtores rurais quanto à sua plantação.

Vantagens

Os benefícios da agricultura de precisão, de forma geral, estão relacionados a produtividade, eficiência, assertividade e economia.

Com isso, as suas vantagens são;

  • aumento da eficiência do manejo do solo e do plantio;
  • maior controle da fazenda por meio da visualização detalhada de cada parte da terra;
  • as atividades agrícolas são melhoradas e se tornam mais lucrativas;
  • o produtor rural economiza em insumos;
  • há maior controle de pragas e doenças;
  • auxilia o produtor na tomada de decisões;
  • maior controle de todas as fases da produção agrícola.

Quando a tecnologia auxilia na coleta de dados e outras informações pertinentes ao processo produtivo, maior é a vantagem de implementar esse sistema.

E as desvantagens?

Como toda ferramenta tecnológica, há algumas desvantagens que você deve conhecer. A primeira delas é referente à inovação desse sistema.

Quando temos uma tecnologia de ponta, muitas vezes falta mão de obra qualificada para manuseá-la.

Apesar disso, esse desafio pode ser vencido, qualificando a equipe agrícola com cursos e treinamentos sobre agricultura de precisão.

Outra desvantagem é que, por ser algo novo, o custo para implementar tecnologias desse tipo no Brasil ainda é alto e pode ser uma barreira para o seu negócio.

Por fim, há a dificuldade de entender os dados obtidos pelas tecnologias e de conseguir 

aplicá-las no campo.

O produtor rural que tiver interesse nessa tecnologia deve encontrar soluções que coletem os dados, interpretem e transformem em informações para serem aplicadas de forma automatizada no campo.

Quais são as tecnologias de agricultura de precisão?

A agricultura de precisão possui ferramentas que auxiliam no levantamento de dados e diagnósticos no campo.

Confira a seguir algumas dessas tecnologias.

  • Piloto automático

É um sistema de máquinas automáticas com pouca ou nenhuma interferência humana. Isso significa que tudo ocorre de forma remota.

Os processos executados envolvem velocidade, tempo de deslocamento e a atividade a ser executada.

No entanto, existem parâmetros pré-estabelecidos que orientam o funcionamento do piloto automático.

Essa tecnologia funciona da seguinte maneira: a partir de um sistema de informações geográficas, como o GPS, há uma interação entre a máquina e o ambiente.

Há dois tipos de piloto automático, e a escolha do melhor depende da interação entre a máquina e o implemento agrícola da lavoura.

São eles:

Sistema ativo

O controle é feito com o auxílio de um trator e o implemento agrícola. Para funcionar, é necessária a atuação de controles mecânicos, hidráulicos ou elétricos.

Sistema passivo

A rota é feita a partir do deslocamento e da posição do implemento agrícola. No entanto, o trator e o implemento seguem caminhos diferentes.

  • Sensores

São responsáveis por realizar o diagnóstico do solo, identificando pragas, doenças e desequilíbrios químicos, físicos e biológicos. 

Os sensores aumentam a eficiência da coleta de dados. Também executam ações à distância e em tempo real.

Além disso, realizam comandos de forma automática e remota. 

O objetivo dos sensores é trazer mais informações para o produtor rural sobre a qualidade do solo, clima e cultivo agrícola. 

Eles são ideais para monitorar o clima e evitar perdas no plantio. Estima-se que utilizar esse sistema reduz em até 42% o uso de defensivos agrícolas.

Assim, aderir à agricultura de precisão é uma ótima alternativa para o produtor rural e para a rentabilidade da lavoura.

  • Controles de aplicação

São usados para aplicar insumos de forma correta, sem excessos, apenas quando necessário. 

Dessa forma, os prejuízos para a lavoura e para o produtor rural são minimizados, bem como os desperdícios.

Outras ferramentas da agricultura de precisão

Existem também outras ferramentas que atuam no processo de automação da agricultura. Conheça a seguir quais são:

  • Adubação de precisão

Após o mapeamento do solo, a adubação é feita conforme a necessidade da terra. Esse sistema direciona a adubação apenas para a área específica.

Assim, há economia de insumos e a fertilidade do solo é ajustada segundo a sua necessidade.

Leia também: O que é adubação e como fazê-la do jeito certo

  • Drones

Os drones facilitam a visualização da propriedade rural por inteiro. Desse modo, os dados são mapeados de forma precisa.

  • Barras de luz

As barras de luz atuam como um sistema de distribuição de sementes e adubos por toda a lavoura. 

Os espaçamentos e as distâncias são respeitados e definidos de maneira ideal, sem prejudicar o convívio entre as culturas. 

  • Semeaduras

As semeaduras de taxa variável distribuem sementes segundo a produtividade da terra. Com esse sistema, é possível comandar e alterar o processo de distribuição.

Agricultura de precisão é cara?

Uma grande dúvida entre os agricultores é se esse tipo de agricultura possui alto custo de investimento.

Isso depende do objetivo da sua plantação e do orçamento disponível.

Existem ferramentas gratuitas como o QGIS e as imagens geradas via satélite. 

O QGIS é um software de geoprocessamento que facilita a visualização, o gerenciamento, a edição e a análise de dados por meio do sistema de informações geográficas.

No entanto, para ter um maior desempenho na produção, o uso de outras ferramentas é recomendado.

Nesses casos, o custo é elevado e deve ser implantado conforme o planejamento agrícola.

Por isso, avalie a necessidade e o objetivo que você quer alcançar com a sua produção. Assim, prejuízos são evitados.

Cabe também elencar uma ordem de prioridade para implementar a agricultura de precisão gradualmente.

Lembre-se de considerar que o custo não é apenas um gasto, mas um investimento que te proporcionará melhores resultados produtivos e financeiros.

Impactos

Os impactos na agricultura brasileira são positivos. A tecnologia de precisão otimiza e desenvolve as práticas agrícolas em áreas com grandes dificuldades de manejo e plantio.

Além de promover o aumento da produtividade, o agronegócio brasileiro ganha maior destaque no cenário internacional do mercado agrícola, pois o seu potencial competitivo aumenta.

Estima-se que, ao usar a agricultura de precisão no plantio, o aumento da produção é de 67% e o gasto com fertilizantes cai para 50%.

Outra informação relevante nessa discussão é um estudo realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que mostrou uma redução de 13% dos custos com insumos na safra agrícola 2019-2020 do algodão.

Isso só foi possível devido ao uso de técnicas da agricultura de precisão em fazendas do Centro-Oeste brasileiro. 

Todos esses dados nos mostram que as estratégias do sistema, além de monitorar, trazem diagnósticos precisos para que o solo seja usado de forma rentável.

São essas análises detalhadas que aumentam a produtividade da lavoura, gerando ótimos impactos para a agricultura brasileira.

Conclusão

Chegamos ao fim do artigo sobre a agricultura de precisão, e, como você viu até aqui, esse é um investimento que todo produtor rural – pequeno, médio ou grande – deve considerar.

Afinal, os resultados obtidos são impressionantes, não é mesmo?

Converse com nossos especialistas!

Procurando um tema específico?

Gostou do artigo?

Receba gratuitamente conteúdos exclusivos e inéditos por e-mail, feitos pelos especialistas da TerraMagna.

Veja também

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Crédito seguro para o agronegócio

Av. Anchieta, 1078 – Jd Nova America

São José dos Campos – SP

Contato

 (12) 3923.3355

 [email protected]

(65) 9 9639.1505

Acompanhe as novidades